11.6.11

FICA, uma reflexão a sustentabilidade.


Dinalva Heloiza

Flyer de Promoção da XIII edição do FICA, Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, uma homenagem ao artista plástico, Veiga Valle.       

A partir da primeira década desse milênio, já é possível percebermos a importância de uma verdadeira mudança de comportamento, inúmeras percepções, as quais nos possibilitam agregar instrumentos que valorizam o verdadeiro contexto do desenvolvimento sustentável, estão despontando ao alcance de todos.

Não existe sustentabilidade em desenvolvimento, enquanto não houver responsabilidade socioambiental, o que se presume, ética, a valorização dos direitos humanos, responsabilidade público-privada pelos atuais padrões em produção e consumo, mediante garantias em preservação dos recursos naturais e a utilização racional dos recursos renováveis. A temática que envolve as questões socioambientais é com certeza, o maior dos desafios propostos na atualidade.

Nesse contexto, o forte potencial de mobilização que vem fortalecendo as dimensões sociais, culturais, políticas e éticas, e que cada vez mais é agregada junto aos diferentes segmentos da sociedade, teve seu principio com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela Organização das Nações Unidas em 1948, como um ideal comum, a ser alcançada por todos os povos e todas as nações, com o objetivo de que cada indivíduo e cada órgão da sociedade, tendo-a sempre como guia, se esforce através da instrução e da ética, teor do ensino e da educação racional, por promover o exercício e o respeito a esses direitos e liberdades, e pela adoção de medidas progressivas, pelo bem estar da humanidade.

Mais recente, em setembro de 2000, novamente a ONU, proclamou a Declaração do Milênio, com a qual propõe uma série de objetivos, tendo por base a Declaração Universal dos Direitos Humanos, onde os países signatários visam uma integração de todos os poderes da sociedade, ao cumprimento de compromissos básicos em cenário global, por uma melhor qualidade de vida, a todos os povos do planeta, tendo em foco a justiça social, a equidade, e uma economia global e inclusiva.

Nesse cenário o Brasil vem apresentando uma série de ações e instrumentos, desenvolvidos por governos, setores privados, organizações do terceiro setor e a sociedade num todo, com os quais é possível atender ao cumprimento desses objetivos, onde já nessa primeira fase, tem por data temporalmente delimitada, o ano de 2015. Ao se alinhar a esses princípios, se faz necessário, um alto estabelecimento de ações e instrumentos, que promovam a informação e o exercício de um maior consenso aos debates e ações que facultam ao cumprimento dos ODMs, em cenário local, regional, nacional e global.

Nesse cenário, vem especialmente se destacando o estado de Goiás, que através do governo estadual e a integração de agências públicas, secretarias, mídia, setores privados e a sociedade civil, apresenta um avanço significativo ao estabelecimento de mecanismos que promovam uma maior interação e uma significativa mobilização, agregando coletivos de diferentes países, a interagirem, por uma mudança de comportamento junto aos atuais padrões de produção e consumo, o que visa, melhor qualidade de vida, e um alto padrão de produção junto aos diversos setores da economia. 

Esse exercício, contempla valores a sociedade num todo, com a premissa de um padrão sustentável ao desenvolvimento, e ao exercício das responsabilidades sociais, ambientais e econômicas, promovendo a inclusão  e o reconhecimento da sociedade global, junto as marcas e produtos que estabeleçam novos padrões de produção, o que visa atender a sociedade num todo, a qual se posiciona junto aos novos padrões do consumo, estabelecendo a sua inserção junto a uma nova postura global, que valoriza o bem estar socioambiental, em suas diversas escalas.  

Estamos falando do FICA – Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, que ocorre desde 1999, na antiga capital do estado, a cidade de Goiás, localizada a 136 Km, da capital goiana, o qual se encontra inserido no calendário de eventos do gênero, como o maior Festival de Cinema e Vídeo Ambiental da América Latina, e um dos maiores, dentre os maiores do mundo.  

Em Junho de 2011, de 14 a 19, acontece a XIII Edição do Festival. O FICA – um evento com   característica global. Além de agregar a multiplicidade de culturas, é também um festival plural em eventos, o que mais uma vez, o distingue, em mecanismos de difusão do estado de Goiás.  

O Festival é realizado pelo governo estadual, em parceria com a Agência Goiana de Cultura, Agepel, e a Secretaria de Meio Ambiente do estado de Goiás. Nessa XIII Edição, o Fica irá apresentar além da Mostra Oficial, 4 Mostras Paralelas, além de uma seleção especial de produções nacionais e internacionais, que serão apresentadas ao público durante a Mostra Competitiva, as quais abordam padrões de produção e consumo, alterações climáticas, conflitos urbanos, poluição, desmatamento, desigualdade social, trabalho escravo, dentre outros.  

Uma das características plurais do festival é a realização do Fórum do Cinema Ambiental, que mais uma vez compõe com presenças de grande relevância nas discussões das questões que envolvem, tanto o contexto cinematográfico, como principalmente a sustentabilidade em padrões socioambientais. O FICA, apresenta ainda Oficinas, Palestras, Mesas Redondas, e uma ampla agenda de Shows, com artistas locais, regionais, nacionais e internacionais, os quais compõe com uma ampla programação o maior Festival do gênero na America Latina e um dos maiores do mundo, o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, O FICA.

Enfim um evento imperdível, a civilização do Terceiro Milênio!

Bom FICA, à todos! 

ODMs Objetivos de Desenvolvimento do Milênio!

ODMs Objetivos de Desenvolvimento do Milênio!
O Brasil, Pode

Sejam Benvindos, todos os povos do Planeta Terra.

Français Bienvenue!

Welcome's British and American peoples who share the English language!

Έλληνες Καλώς!

Velkommen Nordmen!

Velkommen Danske Folk!

Bienvenido Spanisgh!

Svenska Välkommen!

Welcome Italiano!

Welkom mense Africaneses!

Benvingut persones Catalanesa!

Slováci vítajú ľudia!

Mirë se vini popullit Shqiptar!

Willkommen deutschen Volkes!

Дабро людзям Bielosrussos!

한국 사람 환영합니다!

!نرحب الشعوب العربية

欢迎人民!